O Palácio Gustavo Capanema será uma das sedes do Congresso Mundial de Arquitetos UIA2020RIO

capanema

O Instituto dos Arquitetos do Brasil (IAB), que organiza o evento, e o Ministério da Cultura assinaram, na última quinta, o Termo de Autorização de uso do edifício durante o UIA2020RIO, em julho de 2020.

A assinatura do termo aconteceu durante o evento que celebrou a entrega da obra de restauração das fachadas do prédio, um ícone do modernismo brasileiro. Estavam presentes na cerimônia, além de autoridades governamentais, a presidente do IPHAN Kátia Bogéa, o presidente nacional do Instituto dos Arquitetos do Brasil, Nivaldo Andrade, o presidente do UIA2020Rio Sérgio Magalhães, o vice-presidente da União Internacional dos Arquitetos para as Américas Roberto Simon e o presidente do Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Brasil Luciano Guimarães.

O presidente do Congresso, Sérgio Magalhães, também destacou a importância do prédio para a história da arquitetura moderna brasileira: “É o mais importante edifício do modernismo brasileiro, a alma mater da nossa arquitetura moderna. É ele quem inaugura a produção da arquitetura modernista no Brasil. Podemos dizer, até, que Brasília é resultado do trabalho feito nesse edifício que marca a união de grandes nomes, é a primeira grande obra de Burle Marx, e é reconhecido no mundo todo como um dos mais importantes ícones do modernismo mundial.”

Já Roberto Simon, vice-presidente da UIA para as Américas, comemorou o anúncio do Palácio como uma das sedes do Congresso. “Certamente esse espaço vai coroar uma série de atividades importantes do Congresso – um sonho de todos nós – pela importância que o prédio tem para arquitetura mundial.”

Maior fórum mundial de arquitetura, o Congresso Mundial de Arquitetos UIA2020Rio é promovido pela União Internacional dos Arquitetos (UIA) e organizado pelo IAB. Pela primeira vez no Brasil, o evento será realizado entre 19 e 26 de julho de 2020 com atividades em locais diversos da região central da cidade. No Palácio Gustavo Capanema, acontecerão exposições, palestras e workshops em áreas como o pavimento de acesso e o auditório. A expectativa é de que 15 mil arquitetos de todo o mundo visitem o Rio durante a realização do UIA2020.

Conhecido como o prédio do MEC, o palácio foi o primeiro edifício público do Brasil com as principais características da arquitetura moderna, como o uso de pilotis, planta livre, terraço-jardim, fachada livre e janelas em fita. Participaram da concepção de sua arquitetura nomes como Lucio Costa, Oscar Niemeyer, Affonso Eduardo Reidy, Carlos Leão, Ernany de Vasconcelos e Jorge Machado Moreira, com a consultoria de Le Corbusier, além de nomes das artes e do paisagismo como Burle Marx, Cândido Portinari, Bruno Giorgi, Adriana Janacópulus, Celso Antônio e Jacques Lipchitz.

Contato:
UIA2020RIO
(21) 2557-4192
http://www.uia2020rio.archi/